BahiaNa Cara

Adab, Faeb/Senar e Fundap discutem parcerias para fortalecer defesa agropecuária na Bahia

By 6 de agosto de 2021 Nenhum Comentário

Educação sanitária, ações de defesa agropecuária, cooperação entre parceiros e a aproximação entre o setor público e privado foi pauta da reunião ocorrida na quinta-feira (5) entre a Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e o Fundo de Apoio à Pecuária da Bahia (Fundap).

Representantes das entidades abordaram a importância do planejamento para a elaboração de atividades que garantam a sanidade dos rebanhos, a inspeção de produtos de origem animal, além da qualidade dos itens oriundos da área vegetal em todo o Estado.

Para o diretor geral, Oziel Oliveira, as ações da Adab terão como base a orientação e a capacitação de produtores e corpo técnico. “Serei proativo para defender a Agência e a agropecuária baiana. Faremos uma gestão integrada política e estruturalmente, com o intuito de fortalecimento da cadeia produtiva como um todo para, assim, promover o alinhamento com os parceiros e segmento”, destacou Olivera, lembrando que a conquista de mercados dentro da agropecuária requer um trabalho árduo e de responsabilidade, afinal, grandes compradores externos exigem certificações de sanidade e qualidade do setor para a comercialização de produtos.

De acordo com todos os presentes, a educação sanitária é a principal ferramenta para qualificar os serviços da Agência, favorecendo a atividade na Bahia. “É preciso educar o produtor para que eles compreendam que as ações de defesa sanitária promovem a segurança do seu patrimônio agropecuário”, enfatizou o presidente do Sistema Faeb/Senar, Humberto Miranda, ressaltando que a aproximação entre entidades públicas e privadas deve ser a tônica do planejamento.

“A comida que chega à mesa dos baianos passa pela certificação da Adab, por isso, questões sistêmicas, estruturais e operacionais precisam de decisão política e empenho. Assim como a indústria, a agropecuária também tem sua importância para o desenvolvimento da economia no Estado”, disse.