Na Cara

Reunião de Bolsonaro com pastor e secretário da Receita levanta suspeita de ingerência a favor de igrejas

By 1 de maio de 2020 Nenhum Comentário

BRASÍLIA – Técnicos da Receita Federal alertam para risco de ingerência do Palácio do Planalto no órgão em favor da renegociação de dívidas tributárias de igrejas evangélicas. A reação deve-se a uma reunião entre o presidente Jair Bolsonaro , o secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, e o deputado federal David Soares (DEM-SP), filho do pastor R. R. Soares , na segunda-feira passada. No encontro, os três teriam tratado sobre dívidas tributárias de igrejas.

O compromisso consta da agenda oficial do presidente e ocorreu na tarde do dia 27 de abril. R R. Soares é líder da Igreja Internacional da Graça de Deus. A entidade tem, segundo dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), R$ 144,6 milhões inscritos na Dívida Ativa da União.