Na CaraPolítica

Quem está com a melhor jogada? Eles tão, tão movimentado, tão…

By 23 de maio de 2021 Nenhum Comentário

A movimentação nos bastidores da política baiana, talvez seja a mais ousada e mais articulada do país, no futebol classificariamos como um Fla Flu ou um Ba Vi. Tudo isso porque temos caciques a níveis nacionais na disputa ao governo do Estado e também onde o governador está no partido do maior desafeto político do Presidente da República, e que irá lançar Jaques Wagner para disputar seu terceiro mandato. Sabendo também que o postulante ao governo do Estado é um dos maiores articuladores do PT a nível nacional.

Claro que não podemos esquecer do Presidente Nacional do Democratas, ACM Neto. Ele além de levar o nome de um dos maiores políticos da história da Bahia, parece que foi criado para política, e é a prova concreta de que tamanho não é documento.

Vamos aos fatos

Um Estado com 417 Cidades e que o atual Governador faz questão de visitar todas elas.

O postulante ao governo do Estado, Jaques Wagner é um grande estrategista e conhece a política baiana na palma da mão.

O outro candidato vem de uma gestão de excelência na capital Baiana, está a um certo tempo construindo seu nome ao Governo do Estado e carrega um nome forte para os baianos, ACM.

Nesse cenário poderíamos dizer que seria pau a pau, já que administrar politicamente 417 municípios não é brincadeira.

Agora tem alguma coisa mal explicada, ACM Neto rompeu ou não com João Roma? Hoje Ministro de Bolsonaro.

Se rompeu, porque a debandada do DEM para o PSDB, com a justificativa de que ACM Neto está alinhando com Bolsonaro? Afinal Roma é ministro de Bolsonaro.

Qual é a jogada?

Lançar João Roma candidato para fracionar o eleitorado onde a terceira via, por mais que não ganhe, seria o fiel da balança?

PMas quem vota em João Roma, jamais votaria em Jaques Wagner, são os eleitores de Bolsonaro, que entre Neto e Wagner eles votariam em Neto, ou seja Roma, tira votos de ACM Neto.

João Roma está rodando o interior da Bahia ao lado de lideranças, que já se pronunciaram publicamente que votam em ACM Neto. Seria João Roma o vice de Neto?

A jogada está em levar a disputa para o segundo turno, onde o candidato de Bolsonaro, apoiaria o opositor de Jaques Wagner?

O fato é :

Nem ACM Neto, nem Jaques Wagner estão observando, eles estão no ritimo do hit de sucesso das redes sociais, ” Eles tão, tão movimentado, tão, tão movimentado “, diga se de passagem, movimentando muito.

Quem escorregar perde o bonde,  afinal são 417 cidades, e não da mais pra visitar todas, nesse ponto ACM Neto está ficando para trás, ou dividiu com Roma, que será o coringa da política Baiana, para definição do Governo do Estado, aí fica em média 208 pra cada, sobra uma, ” Salvador”.

Vamos aguardar…

Vamos ouvir muito falar em terceira via nessa política e é ela que dará a Vitória a muitos candidatos. Alguns serão de fato adversários outros serão a dama do jogo.

Xeque Mate.