Na Cara

MPF pede que ministro da Saúde inclua ciganos em plano de vacinação

By 19 de maio de 2021 Nenhum Comentário

O Ministério Público Federal pretende que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, inclua os povos ciganos nos grupo prioritário para a vacinação da Covid-19. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Em recomendação ao ministro, a subprocuradora-geral da República Eliana de Carvalho ressalta que os ciganos são reconhecidos como povos e comunidades tradicionais, considerados por legislação sobre a Covid-19 como “grupos de extrema vulnerabilidade e, portanto, de alto risco e destinatários de ações relacionadas ao enfrentamento de emergências epidêmicas e pandêmicas”.

O Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 reconhece entre os povos e comunidades tradicionais como grupos prioritários para vacinação, mas não inclui os ciganos. Trata de povos indígenas, comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

O MPF pontua que documentos enviados pela Associação Comunitária dos Povos Ciganos de Condado Paraíba narram o acirramento das dificuldades enfrentadas pelos ciganos na pandemia que, em boa parte, vivem em acampamentos com barracas, sem acesso a saneamento básico, a banheiros e à água.

A suprocuradora dá prazo de 10 dias para o cumprimento da recomendação, a partir do recebimento dela.