Na CaraPolítica

Agnaldo da Saúde está igual Beija Flor

By 9 de julho de 2020 Nenhum Comentário

Quem nunca ouviu falar na história do beija flor que estava tentando apagar o fogo da floresta, justificando que estava fazendo sua parte?

Pois é, foi pra isso que Agnaldo da Saúde foi chamado para a chefia de gabinete do prefeito Timóteo Brito, pra evitar e conter incêndios políticos, dentro da gestão.

Só que na política a atitude do beija flor não da muito certo, porque o beija flor sozinho não apaga incêndio e muito menos sobrevive.

Porém o beija flor se alertou pelo fato e desapareceu da floresta, deixou até seu ninho para trás correndo risco de vida.

Para onde foi o beija flor?

Derrepente o beija flor reaparece , e com uma multidão de pássaros, uns até predadores, mas convencidos em ajudar o beija flor a apagar o fogo da floresta e todos poderem sobreviver.

É e essa a missão do chefe de gabinete convencer aos aliados e possíveis adversários a abraçarem a proposta de Timóteo.

Pois todos sabemos que uma andorinha sozinha não faz verão,  um beija flor sozinho não apaga o fogo da floresta, e a política é arte de agregar e não de desagregar.

Enquanto Agnaldo toma conta da floresta com os aliados, A águia voa tranquila sem perigo de incêndio.

A sabedoria não está em simplesmente fazer a sua parte, mas no poder de conquistar e convencer mais pessoas para apagar o incêndio, porque o foco é o resultado e a meta.

Já os adversários que não se sentiram convencidos corram pro buraco ou se escondam, pois ela encherga longe e está com unhas afiadas.

A pergunta é, nessas eleições quem vai preferir virar comida de Carcará?

Se acharem que estou adoçando água para o beija flor, só olhar em volta dele.