Na Cara

Timóteo asfalta, Embasa desasfalta

By 22 de novembro de 2019 Nenhum Comentário

Nem sei se utiliza se dessa palavra desasfaltar, mas foi a palavra mais adequada para o momento.

Para uma obra de pavimentação asfáltica e feito todo um preparo do sollo além do asfalto ser o asfalto quente, que proporciona melhor qualidade da via.

Dias atrás moradores até churrasco fizeram para comemorar o pequeno trecho de asfalto, por aí da para entender o que uma obra asfáltica significa para moradores que conviveram durante décadas, com lama, buracos e poeira.

Sabemos da dificuldade que o gestor está tendo e dos esforços políticos e técnicos que está fazendo para viabilizar recursos para obras de pavimentação asfáltica.

Aí derrepente da noite para o dia e sem dar satisfação a ninguém, porque o dinheiro do asfalto é público, do povo; Derrepente você acorda com um barulho na porta da sua casa ou a caminha do trabalho, encontra eles, os destruidores do asfalto tão sonhado pela população, as picaretadas no asfalto doem na alma.

A EMBASA sem nenhum critério, danifica as principais vias asfaltadas de Teixeira de Freitas e quando corrigem, corrigem de forma inadequada e de péssima qualidade.

Avenida Padre Anchieta, Rua Paraíba, Pituba, Getúlio Vargas, Kaikan, Pedro Álvares Cabral , ACM, Castelo Branco,e por aí vai,

as principais deformações nessas vias não tem nada a ver com a qualidade da obra é sim com o serviço irresponsável da EMBASA.

Mesmo sem contrato assinado ela segue destruindo as vias, passem pela padre Anchieta ou pela Quintino Lima, aquilo é um tapa na cara da sociedade.

Alguém tem que fazer alguma coisa, afinal os 50 milhões de empréstimo quem vai pagar é o povo e não a EMBASA.