Na Cara

Teixeira de Freitas, um pouco do mesmo

By 28 de janeiro de 2020 Nenhum Comentário

Todo período de chuvas é assim, mas redes sociais aparecem as fotos e vídeos do shoping Teixeira Mool, a enchorrada no bairro Wilson Brito, e os pontos de alagamentos em obras de pavimentação asfáltica sem planejamento para as águas da chuva.

A solução para o bairro Wilson Brito e Shoping dizem que está no PAC 2, cadê o PAC?

Alguém tentou barrar o PAC em Brasília para prejudicar Timóteo? Teixeira tem disso, o povo precisa saber.

Essas ruas que estão sendo pavimentadas, será que esses engenheiros são cegos?

O secretário de Educação João Carlos sabe muito bem dessa realidade das empresas que operam no ramo da pavimentação asfáltica.

Na época da pavimentação da URBIS o atual secretário era consultor do Banco Mundial, que estava financiando a obra, e por pouco era tudo feito sem rede pluvial, mas a fiscalização do Banco veio em cima e apertou o cinto.

Já as casas de papelão da caixa cabe uma fiscalização rígida nos ditos construotres.

Os bairros sem infraestrutura, procurem saber quem liberou os loteamentos em meio a pastos.