Na Cara

Teixeira, alem do festival gastronômico – Espetinhos

By 9 de setembro de 2019 Nenhum Comentário

Teixeira de Freitas é uma cidade que tem em sua tradição comercial, diversos modelos de estabelecimentos de comercialização de alimentos, entre eles estão inclusos os conhecidos e tradicionais botiquins, e nessa matéria queremos chamar atenção para aqueles que surgiram com os famosos espetinhos de rua, aqueles sem muita cerimônia de entiqueta e que são os melhores e todos os dias milhares de pessoas saboreiam pelas ruas de Teixeira de Freitas.

Infelizmente o nosso festival gastronômico fechou os olhos para essa gastronomia, sem uma política de inclusão desses estabelecimentos ou evento específico para a categoria.

Os responsáveis pelo festival alegam que existe uma categoria que contempla esse setor, infelizmente só pra inglês ver, os tradicionais churrasquinhos de “Teixeira de Freitas “estão de fora.

Muitos deles até precisam de um apoio para implementação de um novo layout no estabelecimento, porque de clientes eles estão cheios.

Podemos citar, Espetinho do César na rua Sagrada família, Espetinho do portuga na rua Águas Claras, Espetinho do Gel no Bairro Lagoa, Espetinho do Bispo na Rua Visconde Mauá, Espetinho do Guerreiro próximo ao Mercado Caravelas, Espetinho do Del próximo a Urbis, Espetinho Lordão no trevo da Cidade, até os universitários se renderam aos espetinhos, temos o Espetinho do Bar Do Gil, e por toda Cidade em todos os bairros, todas as noites eles tomam conta das calçadas e bares, e o aroma se espalha por toda Cidade pelo seu principal Marketing que é a sua fumaça aromatizada.

Espera se um dia que o festival gastronômico saia da trilha das Elites e caminhe pelos bairros de Teixeira de Freitas onde os mais deliciosos sabores se misturam em um simples espetinho.

Fica a sugestão, festival do espetinho, uma premiação em carne, seria uma boa premiação para os comerciantes em tempo de crise, além de um pacote de capacitações para o setor.

A ACE já fez uma excelente ação trazendo um curso para açougueiro, estranho né? Nada, são profissionais ocultos e essenciais no dia a dia dos estabelecimentos.