SSP amplia combate a facções com ações coordenadas e atuação também dentro do sistema prisional

Sammy Chagas
07 de agosto de 2023
Share:

Organizações criminosas são envolvidas com tráfico de drogas, homicídios e roubos_

A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP) deflagrou um conjunto de ações, inclusive dentro do sistema prisional, ampliando o trabalho de inteligência e a repressão qualificada contra facções envolvidas com tráfico de drogas, homicídios e roubos.

Equipes das polícias Militar e Civil montaram bloqueios em diversas regiões da capital, impedindo a circulação de drogas e armas, além da movimentação de grupos de criminosos que promovem ataques armados contra rivais, os chamados “bondes”.

Durante o reforço, helicópteros do Grupamento Aéreo (Graer) da PM estão sendo empregados, mapeando possíveis rotas de fuga. Drones também são utilizados pelos policiais militares e civis.

“Continuaremos atuando integrados com outras instituições, buscando reforçar o combate ao crime organizado. A população pode ajudar, com total sigilo, através do telefone 181 ou do site do Disque Denúncia”, destacou o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner.

Sistema prisional

Com apoio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), revistas são realizadas em presídios da capital baiana.

Celulares, chips, armas brancas, drogas, entre outros itens ilícitos são procurados pelos policiais militares e penais.

Balanço 2023

Em 2023, ações preventivas e de inteligência auxiliaram na média diária de 14 armas de fogo apreendidas. Pouco mais de 2.700 armamentos como fuzis, carabinas, rifles, submetralhadoras, espingardas, pistolas e revólveres foram retirados das ruas.

Aproximadamente seis toneladas de entorpecentes acabaram apreendidos e 700 mil pés de maconha erradicados. Dez laboratórios para refino de cocaína e confecção de crack também foram desarticulados na capital e no interior.

Compartilhar: