Política

Sob risco de perder fala, general Villas-Bôas defende maconha medicinal

By 3 de agosto de 2019 Nenhum Comentário

Com uma doença neuromotora degenerativa, o general Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército e atual assessor do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) do Palácio do Planalto, corre risco de não falar mais e tem testado tecnologias para substituir o ato da fala.

Em meio a outras alternativas, o militar contou em entrevista ao SBT que foi apresentado ao canabidiol –um dos 113 compostos encontrados na maconha– e, apesar de não usá-lo, defendeu o uso do medicamento e falou em “hipocrisia social” ao mencionar as dificuldades de quem precisa no acesso ao tratamento.

https://tv.uol/17zeT