Política

Rui Costa deve manter aliados em ‘banho-maria’, apesar da promessa sobre 2020

By 22 de outubro de 2019 Nenhum Comentário

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), deve manter os aliados em “banho-maria”, apesar de ter prometido iniciar ainda este ano as conversas sobre a eleição de 2020, quando acontecerá a sucessão de ACM Neto (DEM). Antes de embarcar para o Vaticano, onde participou da canonização de Irmã Dulce, o petista tinha dito que começaria a debater o tema após a viagem à China.

O chefe do Palácio de Ondina acabou não embarcando para o país asiático por causa da paralisação parcial de policiais militares . Em entrevista à imprensa, Rui afirmou que estava “otimista” e que queria ouvir todos os partidos e cada um individualmente.

Segundo a cúpula do governo, o governador deve postergar as conversas e só deve iniciar as conversas no próximo ano. Ao Bahia Notícias, o senador Otto Alencar (PSD) contou que, na última conversa com Rui Costa, o chefe do Palácio de Ondina disse que só começaria a tratar de eleições em 2020, pois, “2019 é ano de trabalho”.

A avaliação na base governista é de que é possível construir uma candidatura viável contra o candidato de ACM Neto seis meses antes do pleito. Por essa razão, o governador não tem mostrado pressa para tratar do pleito, segundo os interlocutores.