Saúde

Professores mostram livro de Paulo Freire ao tirar foto com ministro da Educação

By 26 de maio de 2019 Nenhum Comentário

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, participou na manhã deste sábado (25) de um encontro com 30 educadores que venceram o Prêmio Professores do Brasil. Ao fim do encontro, realizado em um hotel em São Paulo, ao menos quatro professores levantaram livros do educador e filósofo Paulo Freire quando posaram para uma foto ao lado do ministro.

Freire tem sido alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro, que atribui os baixos índices de avaliação da educação do país ao método desenvolvido pelo educador (leia mais abaixo).

Questionado, Weintraub disse que não quer acabar com o método Paulo Freire, mas questionou a metodologia.

“Eu não quero acabar com nada. Simplesmente. Pode levantar [o livro de] Paulo Freire, eu aceito a opinião contraditória. (…) Agora, o que acontece? Do mesmo jeito que ela tem direito de falar ‘viva o Paulo Freire’, eu tenho o direito de falar ‘olha, o único lugar do mundo que segue Paulo Freire é o Brasil. Que eu saiba, não tem nenhum outro país que fale ‘Paulo Freire é maravilhoso'”, afirmou o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

“Quando você tem uma pesquisa científica, um resultado que é bom, um antibiótico, aspirina, um avião, todo mundo imita, todo mundo copia. E ninguém quis copiar o Paulo Freire. E os nossos resultados são ruins. Só isso. Agora, se isso é sacrossanto e não pode ser dito, podem atirar pedra, não tem problema”, afirmou.