Na Cara

Perigo – Caio, Marta e Belitardo, Os Depenadores

By 17 de agosto de 2019 Nenhum Comentário

Quem estva esperando grandes aglomerações nos últimos eventos políticos foram surpreendidos por pequenas aglomerações porém grande articulações estratégicas, que podem nortear o rumo da política de Teixeira de Freitas.

Tivemos o evento do PSB  que direcionou o apoio do PSB, conduziu o PDT para apoiar Timóteo, efetivou a saida de Edinaldo Rezende do PT, e colocou Molar na mira do Olhar do Governador.

No evento dessa última sexta 16 de agosto, onde Caio, confirmou a sua pré candidatura, os principais olhares e as expectativas estavam não em Caio, mas nas cadeiras vazias ao seu lado.

As cadeiras vazias tão logo foram ocupadas pelo deputado do PP, Cláudio Cajado, da ex Vereadora Marta Helena, e do Vereador Marcos Belitardo.

Se em um futuro próximo esse grupo se solidificar e ganhar forças, sem sombras de duvidas irá dar muito trabalho para o Carcará.

Cláudio Cajado vem com a força do PP de Robinho, Belitardo vem com o outro Belitardo que conquistou seu espaço na política, e Marta Helena vem com seus votinhos cativos que podem fazer a diferença, afinal voto se conta de um a um.

Porém na política o impossível pode acontecer, dias atrás a mágoa de Marta Helena com Caio inviabilizava o diálogo, mas não podemos descartar que o perdão existe, até porque os dois comungam da mesma religião.

Também podemos ver um desenho político de um grupo que será a oposição ao grupo do Governador Rui Costa, porque todos são fiéis do pequeno malvadeza, ACM Neto.

Se o PSDB está pendendo para CAIO, como ficaria os vereadores que atuam na base do Prefeito nas próximas eleições, no caso Berg e Mendes da JC?

Iriam eles para o PP?

O evento não teve uma grande aglomeração, mas até agora foi a cartada do mês caso o grupo se solidifique, porque a briga será pela vice.

Timóteo jura está com uma Ferrari de 50 milhões para corrida eleitoral, resta saber se ele sabe pilotar.

Que Se movimente as pedras do tabuleiro, porque tem muito jogo pela frente.

Cadê Eujacio?