Lula levará em consideração ‘fator Nordeste’ para indicar próximo ministro do STF

Sammy Chagas
29 de agosto de 2023
Share:

Em meio à pressão para indicar uma mulher ou um negro para substituir a ministra Rosa Weber no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve levar em consideração outro critério para definir a vaga.

De acordo com informações da coluna de Paulo Cappelli, no portal Metrópoles, o mandatário vai considerar o “fator Nordeste” ao escolher o sucessor da magistrada, que se aposenta em setembro.

Ainda segundo a publicação, entre os nomes cogitados estão o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, da Bahia; e o advogado-geral da União (AGU), Jorge Messias, de Pernambuco.

Conforme a publicação, em caso de eventual crítica por não indicar uma mulher, Lula deve alegar que o Nordeste tem apenas um representante na corte, o piauiense Kássio Nunes Marques, alçado a ministro do Supremo pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo a coluna, para embasar sua escolha, o petista irá enaltecer a trajetória do futuro magistrado e afirmará que a indicação irá ampliar a representatividade da maior região do país no STF.

Apesar das justificativas, nos bastidores a avaliação é que o fator crucial na verdade é o nível de confiança do presidente em Dantas e Messias.

Compartilhar: