Na CaraPolítica

Jonathan Molar, o “viradinho paulista que gerou indigestão em Timóteo”

By 6 de junho de 2019 Nenhum Comentário

Feijão,Alho, cebola,Pimenta,farinha,azeite,água, esses são os ingredientes do viradinho paulista, típico prato paulista, imagine tudo isso provocando uma indigestão.
Fazendo a alusão à este famoso e típico prato da Cidade de São Paulo , cidade natal do Vereador Jonathan Molar, podemos comparar a trajetória política do nobre edil, junto ao prefeito Timóteo Brito.
Começou no início de 2017, o que era para ser algo parecido ao saciar um delicioso viradinho paulista,vice lider do governo e todas as bajulações, só pareceu, porque o viradinho  deu uma indigestão da moléstia, e pense numa indigestão para o Prefeito, ao ponto de na última sessão ordinária ocorrida em 5 de junho, a palavra incompetente, foi um dos adjetivos que o vereador usou para desqualificar a gestão de Timóteo Brito.
O vereador Jonathan Molar, tem se destacado com seus discursos na tribuna da Câmara e nas redes sociais, pelo seu posicionamento e sua postura, diante algumas ações do governo ou falta delas, o edil tem criticado de forma pontual as deficiências da Educação municipal e apoiado a greve dos professores, além de também está em greve, por ser professor universitário da UNEB.
Cotado nas pesquisas para sucessão municipal para o cargo executivo, o vereador tem aproveitado os vários momentos para explanar a sua linha de pensamento, e apontar os pontos negativos da atual gestão.
O mais triste para atual gestão é que essa indigestão de viradinho paulista vai durar 15 meses, e que indigestão.
Olha o viradinho paulista…quem vai querer????
Timoteo sabemos, que não quer nunca mais…
Confira abaixo o vídeo da última sessão, discurso do Vereador Jonathan Molar.