Bahia

Greve global pelo clima ocorrerá em 35 cidades; na capital, ato será no Campo Grande

By 18 de setembro de 2019 Nenhum Comentário

Organizações sociais em defesa do meio ambiente realizarão nesta sexta-feira (20), em Salvador, uma manifestação denominada Greve Mundial pelo Clima. O ato está previsto para começar as 9h, no bairro do Campo Grande.

Segundo os organizadores, a mobilização é inspirada no movimento #FridaysForFuture, que tem à frente a ativista ambiental sueca Greta Thunberg, de 16 anos. Além da capital baiana, outras 34 cidades já confirmaram a adesão ao evento.

Entre as pautas consideradas urgentes, os manifestantes reivindicam a promoção de Justiça ambiental, o cumprimento do Brasil no Acordo de Paris, o uso prioritário de energias renováveis, o desmatamento zero nos biomas brasileiros, bem como a demarcação de terras indígenas e comunidades tradicionais.

“Você pode perder seu direito de respirar, de beber água potável, enquanto comunidades indígenas, quilombolas e periferias perdem seu direito à vida. A conseqüência predatória que o sistema atual está causando ao planeta nos trouxe para as emergências climática”, alerta, em carta aberta, o coletivo Não Há Planeta B, que encabeça a greve pelo clima na capital soreropolitana.

Nomes do cenário artístico nacional também assinam o manifesto, dentre eles Caetano Veloso, Bel Borba, Márcio Meireles, Zélia Duncan, Clarisse Abujamra, Manuela D’Ávila, Carlos Prazeres, Jorge Portugal, Vânia Abreu, Márcia Tiburi, Antônio Pitanga e Vovô do Ilê.

Signatário do documento, o jornal britânico The Guardian afirmou em editorial que “interromper nossa vida cotidiana é a única maneira de garantir nosso futuro.

Veja aqui a lista com os locais de manifestação em outras cidades e países.