Na Cara

Garcia: Novos hábitos gerados pela pandemia vão encurtar custos de trabalho

By 14 de fevereiro de 2021 Nenhum Comentário

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (12), o jornalista Alexandre Garcia falou sobre mudanças nos hábitos de trabalho e avaliou se o novo auxílio emergencial é a solução mais prática para estimular o consumo no país. Segundo Garcia, o benefício sem dúvida dará um gás para o setor de comércio e serviços.

“Mas a gente viu que o comércio cresceu 1,2%, o que é muito em uma situação de pandemia. Agora, o de serviços, não. O serviço, que é o que mais emprega, está com uma queda imensa. Embora, haja aí dentro um setor que foi muito afetado, mas já está se recuperando. As companhias aéreas terminaram o ano com 85% de recuperação. Isso é um bom sinal de turismo interno porque são 11 milhões de brasileiros que iam para o exterior, gastar dólar, e que No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (12), o jornalista Alexandre Garcia falou sobre mudanças nos hábitos de trabalho e avaliou se o novo auxílio emergencial é a solução mais prática para estimular o consumo no país. Segundo Garcia, o benefício sem dúvida dará um gás para o setor de comércio e serviços.

“E é aquilo, o novo hábito do “fique em casa”. A pessoa trabalha em casa, produz em casa e se alimenta em casa. E tudo bem. Está havendo uma transferência do setor de serviços para quem está trabalhando em casa porque foi uma poupança que a pessoa fez, e principalmente, o que vale mais, é a poupança de tempo. Nós vamos ter daqui para frente hábitos que vão encurtar os custos de trabalho e produção porque a gente se habituou a fazer coisas que a gente não fazia. Vai haver mudanças positivas depois disso, vai ter uma nova estrutura econômica, e as pessoas vão ter que se adaptar. Isso porque quem descobriu que pode produzir mais, com menos custo, ou seja, ganhar em produtividade, não vai abrir mão disso, dessa experiência positiva da pandemia.”