Na Cara

Dori Neves quer transformar banquete de bacana em farinhada.

By 15 de agosto de 2019 Nenhum Comentário

 

 

Um dos secretários mais bem avaliados do Governo Timóteo Brito, fora das colunas sociais e das movimentações políticas, o Agropecuárias e secretário de Agricultura de Teixeira de Freitas Dori Neves, juntamente com sua pequena equipe que o acompanha, tem abraçado um desafio, em estimular a cultura da madiocutura em Teixeira de Freiras e região.

O secretário buscou apoio técnico junto ao governo do Estado por meio dos organismos ligados à CEPLAC e ao Território de Indentidade do extremo Sul, e apostou forte na força da agricultura familiar para a mandiocultura.

O projeto já está contando com apoio da EMBRAPA e órgãos do Estado, além da boa receptividade dos agricultores.

Com uma equipe técnica mínima na secretaria de agricultura, passos fundamentais para qualidade da mandioca na região ja foram dados, como aquisição de áreas, mudas melhoradas geneticamente, capacitação técnica para plantio, manejo e beneficiamento, e agora recebem a capacitação técnica para escoamento de mercado que envolve toda a cadeia da mandiocultura desde o preparo da terra.

Muito em breve, os prateleiras dos supermercados do Brasil, terão farinha de qualidade com origem de Teixeira de Freitas, sem contar a região que já ultrapassa 400 farinheiras, porém precisamos focar na qualidade e nas exigências do mercado além das exigencias, sanitárias e segurança alimentar, afirma Dori.

Outro fator que fortaleceu a pasta da agricultura, foi a feira da agricultura familiar, que saiu das edições anuais pra ser todos os meses, onde sempre na primeira sexta feira de cada mês acontece na praça da Bíblia.

Desse jeito, banquete de bacana vai virar farinhada.