Na Cara

Dor e Comoção na Despedida do Moto Taxi, Zequinha

By 26 de junho de 2019 Nenhum Comentário

A Comunidade de Teixeira de Freitas, foi surpreendida com a triste notícia da morte do Moto Taxi Zequinha, que foi acometido de uma enfermidade e que em poucos dias depois de descoberta nocalteou o Moto taxi e ele não resistiu.

José Santana dos Santos (Zequinha), trabalhou no comércio de Teixeira de Freitas por vários anos na atividade de Garçom e depois decidiu ingressar na atividade de Moto Taxi, onde também conseguiu conquistar muitos amigos.

Católico praticante, participava do movimento Terço dos Homens, onde partilhava a sua experiência de fé, e que inclusive já testemunhou graças alcançadas na sua vida familiar e por isso a sua fé não se abalava e fortalecia a cada domingo, sempre ali na lateral direita da Matriz de Nossa Senhora das Graças, no bairro Urbis.

Todos foram pegos de surpresa, quando Zequinha foi acometido de uma enfermidade ainda não divulgada pela família, porém comenta se de Câncer no basso seguido de metástase, grau da doença de difícil reversão,porém ainda não foi confirmado pela família.

A morte de Zequinha transformou a classe dos Moto taxistas em um grande movimento de solidariedade, que foi marcado por dois grandes cortejos que passou por principais pontos da Cidade, e parando por alguns minutos no ponto onde ele trabalhava na prestação do serviço de Moto taxi. A partir daquele instante Zequinha iniciou uma corrida sem volta e acompanhado dos amigos, parentes, familiares, e de todos os Moto taxi.

Talvez a morte de Zequinha tenha alertado para uma união mais coesa da classe dos Moto taxi, que não vem em questão no momento.

Zequinha deixa Esposa e duas filhas, e infelizmente será a primeira família de Moto taxi a se beneficiar com a nova lei Municipal, onde a Posse do Alvará não se extingue com a morte, porém fica na posse do primeiro herdeiro da família, no caso filhos ou esposa.