BahiaNa Cara

Demissão em massa no ensino superior de Teixeira de Freitas

By 21 de julho de 2020 Nenhum Comentário

A nossa reportagem recebeu a informação extra oficial, que o COVID19 já está deixando estragos no ensino superior privado em Teixeira de Freitas.

A Faculdade Pitágoras de Teixeira de Freitas, só na data de ontem, rompeu o contrato com cerca de 30 professores dos diversos cursos da instituição. Mais desligamentos sao esperados para os próximos dias.

Alguns colegiados passaram a contar com apenas 6 professores. O maior e mais importante curso da instituição, Direito, terá apenas 8 professores. Pedagogia e Educação Física, apenas 6 professores.

A medida vem sendo justificada pela crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, que atingiu todo o conglomerado educacional do grupo Kroton. Alem dessa drástica medida, a faculdade intensificará o ensino híbrido, aplicando o ensino EAD em 40% de todas as disciplinas. Já para os professores remanescentes, condições  foram impostas, com aumento de carga horária, sem aumento de salário.

É o resultado da mercantilização da educação superior. Não obstante as ações do governo para a preservação dos empregos, a companhia optou por sacrificar a mão de obra, a mola mestre de todo o processo educacional: o professor.