Comissão deve votar estatuto que proíbe aborto até em condições previstas na Constituição

-
13 de outubro de 2023
Share:

Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família da Câmara deve aprovar mais um assunto polêmico. A comissão, dominada por deputados evangélicos e bolsonaristas, deve votar o estatuto do nascituro, que proíbe o aborto até nas condições previstas na Constituição.

A ideia dos parlamentares da oposição é de levar um dos diversos projetos que tratam do estatuto do nascituro para ser votado na comissão, repetindo a estratégia do PL que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Mesmo com poucas chances de que a proposta que que proíba o aborto em todos os caos prosperar no Plenário da câmara, a intenção dos congressistas é aprovar o estatuto do nascituro na comissão para fazer barulho sobre o tema.

Na terça-feira (10), a Comissão aprovou o projeto que veta o casamento e a união estável homoafetiva no Brasil. Mesmo com a aprovação, a cúpula da Casa, não deve deixar a proposta avançar na Câmara.

Compartilhar: