Bahia

Chefs de cozinha palestram sobre produtos da agricultura familiar em feira internacional na capital paulista

By 7 de junho de 2019 Nenhum Comentário

 

A produção da agricultura familiar baiana foi tema de palestra, nesta sexta-feira (08), na NaturalTech 2019, feira de alimentos sustentáveis, que acontece na capital paulista. Na Arena Inspiração, espaço de diálogo e interação entre o público e o palestrante, o chef baiano Fabrício Lemos e o apresentador do programa Chefs em Ação, Leonardo Roncon, ministraram palestra com o tema: O resgate da simplicidade nos sabores da Bahia além do dendê.

Os participantes, além de ter a possibilidade de conhecer e provar os produtos das 17 cooperativas da agricultura familiar, que estão sendo comercializados no estande Bahia Produtiva, degustaram um delicioso risoto feito com coco de licuri, azeite de licuri, castanha de caju e maturi.

O espaço Arena Inspiração e o estande Bahia Produtiva contam com o apoio do Governo da Bahia, por meio do Bahia Produtiva, projeto da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) executado por meio de acordo de empréstimo do Banco Mundial.

O chef Fabrício Lemos declarou que hoje, com a qualidade da produção baiana ele se sente representado: “Eu tenho o azeite de licuri, cerveja de licuri e o melhor chocolate do Brasil. Quem não provou tem que ir provar. Tudo isso porque o Governo do Estado investiu dinheiro nessas cooperativas, e elas recebem um valor melhor, do que se estivesse vendendo na feira. A cooperativa absorve [a produção dos cooperados] e a transforma num produto incrível, e todo regulamentado nas ordens da vigilância sanitária”.

O chef Leonardo Roncon completou que o Governo do Estado está levando os produtos baianos para o Brasil inteiro: “A Bahia é riquíssima e eu trabalho com diversos produtos de cooperativas da agricultura familiar em minhas receitas, e são um verdadeiro sucesso”.

Os produtos da agricultura familiar inseridos na alta gastronomia, em receitas de chefs renomados do Brasil, posicionam o segmento em mais um mercado consumidor, o que se configura em mais uma estratégia do Governo do Estado para aumentar a comercialização desses produtos e, consequentemente, a renda dos agricultores familiares baianos.