Política

Brasil reconhece senadora oposicionista a Morales como presidente da Bolívia

By 13 de novembro de 2019 Nenhum Comentário

O governo Bolsonaro reconheceu nesta terça-feira (12) a senadora Jeanine Áñez, do partido Unidad Demócrata, como presidente interina da Bolívia, após a parlamentar, que fazia oposição a Evo Morales, se autodeclarar chefe do Executivo boliviano. No último domingo (10), o ex-presidente boliviano, acossado por denúncias de fraude nas eleições presidenciais, sofreu um golpe militar, sendo instado a renunciar do cargo – desde então, havia um vácuo de poder no país andino.

Em publicação no Twitter, o Ministério de Relações Exteriores congratulou Añez por “assumir constitucionalmente a Presidência da Bolívia” e saudou “sua determinação de trabalhar pela pacificação do país e pela pronta realização de eleições gerais”. O Itamaraty ainda declarou que “deseja aprofundar a fraterna amizade com a Bolívia”.