BahiaNa Cara

Baleia jubarte é encontrada morta em praia de Alcobaça no sul da Bahia

By 17 de julho de 2020 Nenhum Comentário

Uma baleia jubarte adulta foi encontrada morta em uma praia na cidade de Alcobaça, no extremo sul da Bahia, nesta quinta-feira (16). Segundo o Projeto Baleia Jubarte, que atua na pesquisa e preservação da espécie, quando a baleia encalhou na praia ela já estava morta e em estado avançado de decomposição.

Segundo Milton Marconde, coordenador de pesquisas do Projeto Baleia Jubarte, há a suspeita de que a baleia seja a mesma vista à deriva, na semana passada, em Pedra de Leste, que fica perto de Alcobaça. A maré pode ter levado o animal para a areia, de acordo com o G1.

Até agora, a Bahia tem o registro de um encalhe de baleia jubarte nesta temporada. Em todo o país, foram sete: 2 em Santa Catarina, 2 em São Paulo e 2 no Rio de Janeiro.

De acordo com o Projeto Baleia Jubarte, equipes da instituição foram avisadas sobre o encalhe da baleia no final da tarde. Os pesquisadores devem ir ao local na manhã da sexta-feira (17) para colher amostras da jubarte e orientar a prefeitura sobre o que fazer com o corpo da baleia.

Ainda não há informações sobre a causa da morte do animal.

Normalmente, as baleias jubarte começam a chegar no Brasil em julho. No entanto, esse ano, os registros começaram mais cedo. Segundo o Projeto Baleia Jubarte, desde o dia 30 de abril elas têm sido vistas em águas do país.

Os primeiro registros foram feitos em Ilhabela (SP), Rio de Janeiro e Espírito Santo. Vindas das regiões da Antártida, as jubartes procuram as águas mais calmas, quentes e rasas da costa brasileira para acasalar, parir e amamentar seus filhotes no inverno e primavera.

A temporada reprodutiva das baleias jubarte no Brasil vai até outubro/novembro e os pesquisadores estimam que a população brasileira da espécie já tenha ultrapassado os 20 mil animais.