Na Cara

Amazonas pede transferência de 60 bebês prematuros; Martagão disponibiliza leitos

By 16 de janeiro de 2021 Nenhum Comentário

O governo do Amazonas pediu que outros estados recebam 60 bebês prematuros que também correm risco de ficar sem oxigênio, assim como pacientes internados com a Covid-19. O pedido foi feito nesta sexta-feira (15) e confirmado à CNN Brasil pelo secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula.

De acordo com ele, o estado terá capacidade para receber de cinco a dez bebês. Em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) também disponibilizou leitos e criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Já em Salvador, o Hospital Martagão Gesteira anunciou que poderá disponibilizar dez leitos de pediatria. Um ofício foi enviado para o Ministério da Saúde nesta sexta.

No documento, a Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (entidade mantenedora do Martagão) ressalta que estão disponíveis pelo menos dez leitos pediátricos para receber pacientes provenientes de Manaus (AM), diante do cenário da falta de oxigênio em hospitais ocorrido na cidade.