Política

Aliados de Bolsonaro estudam denunciar PSL ao MP para bloquear fundo partidário

By 17 de outubro de 2019 Nenhum Comentário

Aliados de Bolsonaro estudam apresentar acusações de mau uso dos recursos partidários ao Ministério Público Federal se o PSL seguir resistindo em auditar suas contas de 2014 a 2018, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. A tese é a de que é possível sugerir a abertura de uma ação civil pública para investigar suspeitas de irregularidades.

O grupo do presidente diz que esse entendimento foi defendido em obra publicada pelo procurador-geral, Augusto Aras. Intitulada “Fidelidade Partidária Efetividade e Aplicabilidade”, ela abre margem à interpretação de que qualquer malversação de dinheiro público pode dar início a uma ação de improbidade administrativa.

A ação seria o caminho mais efetivo para pedir o bloqueio do uso e do repasse de fundo partidário ao PSL. O clima é tão pesado no partido que Luciano Bivar já não esconde de ninguém hoje que quer Bolsonaro fora de suas fileiras. Nesta terça (15), deputados disseram que ele chegou a cogitar expulsar o presidente.