Na Cara

2ª instância: bancada baiana está dividida, mostra levantamento

By 25 de novembro de 2019 Nenhum Comentário

Dos três senadores baianos, só Jaques Wagner (PT) tem voto definido sobre a prisão do condenado após julgamento em 2ª instância. O petista vai votar contra a mudança na constituição.

Um levantamento feito pelo jornal O Estado de S.Paulo aponta que Angelo Coronel e Otto Alencar, ambos do PSD, não quiserem revelar seus votos.
Na Câmara dos deputados, 12 parlamentares baianos votarão a favor da emenda, 11 não quiseram responder, 8 são contra e 8 não foram encontrados. A bancada baiana conta com 39 deputados.

Os favoráveis são: Abílio Santana (PL), Adolfo Viana (PSDB), Artur Maia (DEM), Charles Fernandes (PSD), Elmar Nascimento(DEM), Felix Mendonça (PDT), Igor Canário (DEM), João Roma (Republicanos), José Rocha (PL), Marcio Marinho (Republicanos), Paulo Azi (DEM), e Professora Dayane (PSL).

A lista dos contra é formada pelos deputados Afonso Florence, Alice Portugal (PCdoB), Daniel Almeida (PCdoB), Jonga Bacelar (Podemos), Jorge Solla (PT) , Nelson Pelegrino (PT), Marcelo Nilo (PSB) e Sérgio Brito (PSD).

Alex Santana (PDT), Antonio Brito (PSD), Lídice da Mata (PSB), João Bacelar (Podemos), Claudio Cajado (PP), Cacá Leão (PP), Leur Lomando ( DEM), Mario Negromonte (PP), Otto Filho (PSD), Pastor Isidoro (Avante) e Raimundo Costa (PL), naõ quiserem responder.

Os deputados José Nunes (PSD), Joseildo Ramos (PT), Ronaldo Carleto (PP), Tito (Avante), Uldurico Junior (Pros) , Valmir Assunção (PT), Valdenor Pereira (PT) e Zé Neto (PT) não foram encontrados.

Panorama geral 

O levantamento mostrou ainda que 51 senadores e 290 deputados são favoráveis à prisão em 2ª instância. São 341 votos a favor de um total de 594 representantes nas duas casas legislativas.

No Senado, já há aval declarado para a aprovação de uma proposta de emenda à Constituição, enquanto que na Câmara dos Deputados faltariam apenas 18 votos para alcançar o mínimo exigido, sempre em dois turnos.